Justiça volta a suspender uso de câmaras de bronzeamento

A nova decisão reverte a tutela antecipada que havia sido concedida à Associação Brasileira de Bronzeamento Artificial (ABBA) e liberava o uso dos equipamentos para fins estéticos. A decisão foi fruto de um recurso impetrado pela Anvisa.

Foi levado em consideração o possível risco de dado à saúde caso fossem mantidos os efeitos da liminar. Concluiu também que a Anvisa tem amplo poder de fiscalização e controle no que tange questões relativas à saúde pública e cabe a ela regular práticas que venha considerar lesivas.

Não sei até quando vão ficar com essa discussão… agora com certeza há clínicas de estética fazendo o uso ilegal da câmara, cabe a cada um seguir sua própria consciência, sabendo, porém, que caso aconteça algo no futuro não terá a quem recorrer, a não ser um médico.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s